Olá meus amores!!!

Mais um post da sessão de "Vestibular", na verdade, esse post é mais descontraído. Como já viram no título, eu trouxe 5 filmes que todo estudante de medicina deveria assistir. São filmes que inspiram e motivam a seguir nessa linda area, que é a Medicina. Então, vamos lá:

#5 Hipócrates - Diário de um médico francês 

Em quinto lugar, "Hipócrates" o filme mostra como o sonho de ajudar as pessoas pode ser atrapalhado por uma dura rotina em um hospital. Disputa de egos, burocracia inexperiência são dramas de milhares de médicos recém formados e o filme usa o realismo do cinema para expor esses problemas ao espectador.
Sobre o filme: Benjamin (Vincent Lacoste) é residente no mesmo hospital que seu pai (Jacques Gamblin) trabalha. Um dia, ao ser chamado no plantão, ele atende um paciente regular, apelidado de Tsunami (Thierry Levaret). Como não havia como fazer um exame devido ao aparelho necessário estar quebrado, Benjamin apenas receita um analgésico. No dia seguinte, ao chegar ao hospital, descobre que o paciente morreu. Devastado pela notícia, ele é protegido pelo pai, que divulga a todos que o filho havia feito o tal exame. Esta situação atinge em cheio a autoconfiança de Benjamin, especialmente quando precisa lidar com outro residente, Abdel (Reda Kaleb), que veio de outro país e mora em um alojamento no próprio hospital.

#4 Paixão Obsessiva
Quando o limite ético é ultrapassado na relação médico-paciente ambas as partes correm grande perigo. O filme nos coloca nesse dilema ético que se passa dentro de um hospital. De uma atração inicial o desejo do médico Martin Blake, vira obsessão quase doentia.
Sobre o filme: Dr. Martin Blake (Orlando Bloom), um médico que passou sua carreira buscando por respeito, encontra uma paciente (Riley Keough) com infecção renal que mexe com o seu ego. Quando a saúde da jovem começa a melhorar, Blake resolve alterar o tratamento para mantê-la doente ao seu lado.

#3 Mãos Talentosas

Sobre o filme: Ben Carson era um menino pobre de Detroit, desmotivado, que tirava más notas na escola. Entretanto aos 33 anos, ele se tornou o diretor do Centro de Neurologia Pediátrica do Hospital Universitário Johns Hopkins, em Baltimore, EUA. Sua história, profundamente humana, descreve o papel vital que a mãe, uma senhora de pouca cultura, mas muito inteligente, desempenhou na metamorfose do filho, de menino de rua a um dos mais respeitados neurocirurgiões do mundo.

#2 Até o último homem

Sobre o filme: Baseado em uma história real que acontece durante a Segunda Guerra Mundial, o médico do exército norte-americano Desmond T. Doss (Andrew Garfield) recusa-se a pegar em armas. Trabalhando na ala médica durante a Batalha de Okinawa, ele salvou mais de 75 homens. Pacifista e religioso, Desmond Doss foi o primeiro Opositor Consciente da história dos EUA a receber a Medalha de Honra do Congresso.

#1 Patch Adams - O amor é contagioso

E em primeiro lugar, Patch Adams. É um filme lindo! Talvez o meu preferido. Patch mostra o dever de todo médico, alguém que se preocupa com o outro em primeiro lugar. Essa cena, é a mais linda, onde Patch mostra toda a essência da medicina.
Sobre o filme: Em 1969, após tentar se suicidar Hunter Adams (Robin Williams) voluntariamente se interna em um sanatório. Ao ajudar outros internos, descobre que deseja ser médico, para poder ajudar as pessoas. Deste modo, sai da instituição e entra na faculdade de medicina. Seus métodos poucos convencionais causam inicialmente espanto, mas aos poucos vai conquistando todos, com exceção do reitor, que quer arrumar um motivo para expulsá-lo, apesar dele ser o primeiro da turma.

Independente se você cursar medicina ou não, os filmes são ótimos. E vale a pena conferir. Espero que tenham gostado. E se você já assistiu algum desses, me conta aqui no comentários o que achou :)

XOXO

Olá meus amores!!!

Terceiro post da Sessão "Vestibular"! E talvez, alguns de vocês tenham se perguntado: Porque falar sobre vestibular? Bom, o fato é que o No mundo de Sammy, é sobre um pouco da minha vida, dos meus hobbies, sonhos, coisas que gosto de falar e/ou ache importante. E esse é o momento que eu estou passando. Um momento decisivo, onde realmente acredito que me encontrei. rs 
Já faz mais de 2 anos que terminei Gastronomia, e quando eu estava no último ano, eu percebi que não era isso que eu queria pra minha vida. Na verdade, vi na gastronomia um hobbie e, não algo pra morrer fazendo. Foi então que falei com a minha mãe, que não queria mais o curso, e ela me aconselhou a terminar e então, fazer algo que realmente gostasse. Eu segui os seus conselhos. Mas depois que terminei a faculdade, eu não tinha ideia do que faria. Precisava de algo que me desse estabilidade financeira e ao mesmo tempo me desse prazer, e não apenas isso, algo que também pudesse ajudar as pessoas. 
Desse modo, a área da saúde foi inevitável. Afinal, quando era pequena, eu quase sempre, acompanhava minha mãe, que é farmacêutica-bioquímica. E, de certa forma, eu me acostumei com esse ambiente. Adorava brincar com as seringas, e tubos do laboratório. 
Foi então que, depois de muita oração, e de muito pensar, decidi que estudaria enfermagem. Falei com minha mãe e ela me sugeriu estudar medicina. Eu já estudaria tanto, mas um pouco de esforço e eu poderia entrar no tão sonhado curso de medicina. Confesso que passei noites orando a Deus, se era isso realmente que Ele queria para minha vida. E não demorou muito para as portas se abrirem. Logo, sugiram oportunidades de vestibular, e de até mesmo, estudar fora do país. Foi então que percebi que era Deus respondendo minhas orações. 
E o tempo passou, o vestibular chegou e no final de 2016 o resultado não foi nada positivo. Nenhumas das provas que fiz fui aprovada. Fiquei desanimada e me perguntando se devia continuar insistindo, vendo tantos amigos sendo aprovados. Mas, foi vendo vários sermões na igreja e depoimentos de vestibulandos que vi que era apenas a primeira. Eu poderia tentar novamente no outro ano. 
Hoje, tenho a certeza de que é isso que quero. Sei que não será nada fácil. Pelo contrário, o vestibular será apenas 1 degrau. Mas, tenho a convicção de que estou no caminho certo. Quero me dedicar a ajudar outras pessoas, quero me doar por outros. Isso pode até soar um pouco clichê rs mas finalmente encontrei o meu lugar. E claro, é só mais um recomeço, há muito que estudar, mas irei me esforçar. E se por um acaso não passar, persistirei até o fim. 

Você não é derrotado quando perde. Você é derrotado quando desiste. - Dr. House 
Espero que tenham gostado. Abri o coração com vocês :) Por isso me conta aqui nos comentários: Quais são os seus sonhos? Até mais gente!

XOXO

Olá meus amores!!!

Ainda na sessão de "Vestibular", o post de hoje é sobre "Aplicativos que ajudam a estudar."
É quase impossível ver algum jovem que não esteja conectado nas redes. E quando algum adulto vê, já fala "Mas como vai passar desse jeito?" ou "Sai desse celular", não é mesmo? Foi pensando nisso que separei alguns apps para ajudar vocês a se saírem bem nos estudos.

#1 - Guia de Estudos

Esse guia de estudos gente, é algo MARAVILHOSO. Sério! Me ajuda bastante. E ele tem os assuntos todos divididos, te mostra uma forma de estudar direito os assuntos, e tem até como colocar um prazo, no caso, até o dia da prova. E tem também como você fazer exercícios.

#2 Provas e Simulados ENEM 
Com esse app é possível ver a resolução de provas anteriores do ENEM. É uma "mão na roda" para os vestibulandos, pois o aplicativo possui um banco de dados com as questões e também os seus gabaritos, que podem ser acessados depois que você tentar resolver a questão, estimulando seu aprendizado e domínio das matérias.

#3 Redação Nota 1000
Tem gente que tem muuiita dificuldade na hora da redação, e esse app tem como objetivo te ajudar na hora de fazer a sua. Nele você encontra os temas das redações de anos anteriores, alguns erros comuns e até dicas para você se sair bem.

#4 UOL 
Alguns podem perguntar "Por que o app da Uol, Sammy?" e eu te respondo, o ENEM ele cobra muito atualidades. Tanto nas questões, como também na redação. Você vestibulando precisa estar a parte de tudo que acontece. E quanto mais você ler, melhor será o seu vocabulário e com certeza terá mais exito na hora da redação. 

Isso foi por hoje e, espero que tenham gostado. Aos que vão fazer vestibular esse ano, compartilha essa dica com os amigos e fala aqui nos comentários: o que te ajuda a estudar, você usa algum aplicativo? 

XOXO


Olá meus amores!!! 

Nesta semana terá 1 sessão de posts sobre:Vestibular. Como assim Sammy? haha Então, serão 5 posts direto falando sobre dicas, sonhos que tenho para o futuro, o que quero para o vestibular neste ano e etc., compartilhando um pouco desse meu sonho com vocês. E hoje, pra começar, eu decidi falar sobre 7 passos para o Vestibular! 
Quem já passou por isso sabe como é né? Principalmente aqueles que terminaram o Ensino Médio e só depois fizeram vestibular. É tanto assunto, tanta coisa pra estudar que muitas vezes até a gente se perde e não sabe por onde começar. E eu decidi falar sobre isso, porque com certeza assim como eu alguém ficou perdido, ou teve dificuldades. Então, vamos lá.

Passo #1 - Organização
Você precisa ter um local para estudar, que seja bem iluminado, ventilado. Se faz necessário um local tranquilo para que você consiga se concentrar nos estudos. E gente, não dá pra estudar na bagunça, então pra primeira dica é que o seu ambiente de estudos precisa estar limpo e arrumado.

Passo #2 - Determinação
Se pergunte: Por que eu quero fazer vestibular? É um sonho meu ou uma obrigação dos meus pais? Será que eu quero seguir isso mesmo? Se faça essas perguntas e veja se é realmente isso que você deseja, porque o caminho é difícil e será preciso muito dedicação. E nada de pensar "é muito difícil"ou "eu não vou conseguir". Se é Direito que você quer, vá e ponto. Não ligue para o que os outros falam. Siga apenas o seu coração. Com essa determinação, será mais fácil para o seu aprendizado.

Passo #3 - Alimentação
Acreditem ou não, mas a alimentação adequada ajuda e muuiito para o entendimento. Nesse período de estudos até as provas, tente evitar ficar comendo besteiras, frituras, muita carne, tente trocar por alimentos mais leves, como frutas, saladas, uma carne mais magra. Sério gente! Depois disso, vocês verão a diferença.

Passo #4 - Muito estudo
Agora vem o "rala". Sim, não dá pra estudar qualquer coisa e pegar um livro e ler, e ler, e ler... ou pegar uma lista de exercícios e ficar lendo e não entender nada. O primeiro passo é, que você precisa se organizar. Criar uma tabela, um guia de estudos. Por exemplo, cada semana você estuda 2 assuntos de biologia. E coloca um prazo pra aprender. Eu achei super interessante o guia de estudos do Projeto Medicina, pra quem estuda em casa, vale a pena dar uma olhadinha. O que ajuda e muito também, são as vídeos aulas no Youtube, e o melhor de tudo. Gratuito!

Passo #5 - Exercícios
Não dá pra só estudar um monte de coisa e não fazer exercício gente. Eu, particularmente, já entrei muito nessa, de achar que estudar o conteúdo era o principal. Mas não, você precisa fazer exercícios. Você precisa praticar aquilo que você aprendeu. Então a dica é: estuda o conteúdo e faz o exercícios depois. Na internet é o que não falta. Então, use e abuse do "Sr. Google" e pratique muitas questões.

Passo #6 - Descanso
Com um mês de cursinho, confesso que ainda não entrei no ritmo. Mas é preciso descansar o corpo e a mente, eles precisam disso. Não vai adiantar nada você ficar até 3hrs da manhã estudando, cansada, morrendo de sono. É perca de tempo. Então, programa-se para dormir e acordar cedo. Fazendo isso você estará mais disposta para o seu dia a dia.

Passo #7 - NÃO DESISTIR!
"Medicina? Mas pra estudar medicina precisa ser um gênio" ou "Engenharia? Mas não é pra qualquer um" ou "Odontologia? O cara tem que ser rico. É um curso muito caro." ou "Direito? É só para os fortes." - Qual o vestibulando que nunca ouviu isso hein? Eu já ouvi e muito. Mas, cá entre nós, por um lado isso é bom. Pois quando você passar no vestibular, todos aqueles que duvidaram de você iram perceber o quanto você é capaz. Então, nunca pense em desistir. Lute pelos seus sonhos. Persista. Sempre!

Eu espero que vocês tenham gostado das dicas e, se tiverem dicas a mais, coloca aqui nos comentários e me diz o que funciona com você.
XOXO